Buscar
  • Cristina Carvalho Tomasi

CONTRIBUIÇÕES E PROPOSTAS PARA DISCENTES E DOCENTES DA ÁREA DE EDUCAÇÃO FÍSICA

Para que se tenham contribuições significativas entre professores e aluno na área de Educação física se faz necessário a compreensão das disciplinas escolares como indispensáveis no processo de socialização e sistematização dos conhecimentos, não se pode conceber esses conhecimentos restritos somente limites disciplinares. Refletindo que a escola é um espaço de confronto e diálogo entre os conhecimentos sistematizados e os conhecimentos do cotidiano. Com o processo sócio histórico do conhecimento em sua complexidade, as diretrizes, as disciplinas escolares são entendidas como campos do conhecimento. As relações interdisciplinares se estabelecem quando: conceitos, teorias ou práticas de uma disciplina são chamados a discussão e auxiliam a compreensão de um recorte de conteúdo qualquer de outra disciplina elencando contribuições e propostas para ensino e aprendizagem significativa. Ao tratar do estudo com aprendizagem significativa de uma disciplina, buscam-se nos quadros conceituais de outras disciplinas referenciais teóricos que possibilitem uma abordagem mais abrangente desse objeto. (DCE, 2008).

Através do paradigma de efetivação das possibilidades educacionais da Educação Física, como componente curricular articulado à proposta pedagógica da escola, ainda encontra obstáculos principalmente em relacionamento entre docentes e discentes .

Essa relação se estendem desde a falta de recursos materiais até a incompreensão de outros professores e gestores a respeito do sentido que tal disciplina pode ter no processo educativo, à luz de suas novas concepções exemplo a ser mencionado é inserção das TICs como ferramenta no auxilio do ensino e aprendizagem contribuindo na construção do ser cidadão . Desta forma o planejamento da apropriação de sistemas conceituais nessa esfera é tão desafiador. (KOLYNIAK, 2012).

Com o processo de ensino-aprendizagem em pauta passa a ser entendida como questão metodológica, de responsabilidade do professor, é determinada pela perspectiva de investigar para intervir quando necessário na atividade do seu aluno .

Sendo seleção de conteúdos, materiais metodológicos e a clareza dos critérios de avaliação elucidam a intencionalidade do ensino, enquanto a diversidade de instrumentos e técnicas de atividades físicas como no esporte possibilita aos estudantes variadas oportunidades e maneiras de expressar seu conhecimento. A interdisciplinaridade não deve ser entendida como superficial , mas como necessidade.

Conforme afirma Frigoto (apud Pacto, 2005):

O trabalho interdisciplinar se apresenta como uma necessidade imperativa pela simples razão de que a parte isolamos ou arrancamos do contexto originário do real para poder ser explicada efetivamente, isto é, revelar no plano do pensamento e do conhecimento as determinações que assim a constituem. Enquanto parte, tem que ser qualidades da totalidade. É justamente o exercício de responder a esta necessidade que o trabalho interdisciplinar se apresenta como um problema crucial, tanto na produção do conhecimento quanto nos processos educativos e de ensino.

Ao docente cabe intervir com mediação na aprendizagem dos seus discentes e o desenvolvimento dos processos cognitivos com sistematização e a efetiva implementação do ensino do aspecto conceitual do conteúdo de Educação Física no qual representa um passo significativo em direção ao reconhecimento da área como disciplina acadêmica, e a uma maior valorização de suas possibilidades pedagógicas. Vale ressaltar também, que o ensino do conteúdo conceitual não transforme a Educação Física em uma disciplina predominantemente teórica, distanciando-a da vivência concreta das expressões vigorosas, significativas e prazerosas da cultura corporal do movimento entre docente e discente.

"Freire ( apud Bertini, 2013)”, reforça que a Educação Física vem deixando de ser exclusivamente teorico/pratica, elaborando nas aulas o desafio de pensar e debater assuntos do cotidiano que estejam direta ou indiretamente relacionados às práticas desportivas. Alerta "Soares ( apud Bertini, 2013)", Alerta que deve se desvincular dos rótulos tecnicistas indo além do saber fazer, possibilitando ao indivíduo saber pensar o que fazer, demonstrando assim que a área tem o que ensinar para diariamente ser utilizada em sociedade .

Ao ensino dos conteúdos escolares, as relações interdisciplinares expressam por um lado, as limitações e as insuficiências das disciplinas em suas abordagens isoladas e individuais, e, por outro, as especificidades próprias de cada disciplina para a compreensão do próprio movimento corporal e cognitivo. Vínculos interdisciplinares não é uma tarefa que se reduz a uma readequação metodológica curricular, como foi expresso no passado, pela pedagogia dos projetos, é uma questão epistemológica e está na abordagem teórica e conceitual dada ao conteúdo em estudo, concretizando-se na articulação das disciplinas cujos conceitos, teorias e práticas enriquecem a compreensão desse conteúdo. (DCE, 2005).

Através da interdisciplinaridade que se busca a idealização de propostas e melhorias no ensino de Educação Física e a demais disciplinas não sendo uma utopia mencionada em teoria sem ser exercida com êxito na pratica.


Autora:Cristina Carvalho Tomasi.

5 visualizações

Educação, Diversidade e Novas Tecnologias